“Leiam com atenção, pois só vou escrever isto uma vez!”

‘Allo ‘Allo! foi uma das melhores séries de sempre!

[dt_small_photos height=”210″ padding=”20″ arrows=”light” show_title=”” show_excerpt=”” number=”12″ loop=”” orderby=”recent” category=”allo-allo-1″]

Os mais novos, não são do tempo em que havia apenas 4 canais de televisão! E se lhes dissermos que antes disso só havia 2 canais? Ainda assim, eramos felizes, e assistíamos a séries que ainda hoje nos recordamos de certos personagens! Existem frases dessas séries que ainda hoje são usadas e recordadas.

Hoje temos centenas de canais por cabo, existem diversos canais que passam séries 24 horas por dia … e dessas séries qual vai ser recordada daqui a 25 anos?

O ‘Allo ‘Allo! marcou bastante todos os que assistiram a esta série!

‘Allo ‘Allo! foi uma sitcom britânica transmitida na um pouco por todo o mundo na década de 80 e inicio da década de 90.Criada por David Croft e Jeremy Lloyd.

‘Allo ‘Allo! conta a história de René Artois, dono de um café francês na vila de Nouvion, durante a Segunda Guerra Mundial. A vila tinha sido ocupada por Alemães, que tinham roubado todas as obras de arte da vila. De entre o roubo incluía-se um relógio e uma pintura de The Fallen Madonna (with the big boobies) de Van Klomp. O comandante alemão da vila decide guardar as pinturas para ele próprio, de forma a garantir a sua reforma após a guerra, e consegue que René esconda os valores no seu café. A Gestapo também quer encontrar o paradeiro das pinturas e envia Herr Flick, para as procurar.

Ao mesmo tempo o café de René está a esconder corajosos pilotos britânicos. É forçado então a trabalhar com a Resistência, senão seria assassinado por servir os Alemães no seu café. Os planos da Resistência para enviar os pilotos de volta para a Inglaterra que falham sempre, são o centro de atenções da série.

O objetivo da sitcom não era fazer piada da guerra, mas sim dos filmes baseados na guerra, e em particular um drama da BBC1 sobre a resistência francesa Secret Army

Yellow Star Company traz para os palcos a hilariante peça ‘Allo ‘Allo!

[dt_small_photos height=”210″ padding=”20″ arrows=”light” show_title=”” show_excerpt=”” number=”12″ loop=”” orderby=”recent” category=”allo-allo-2″]

Sempre fui grande fã desta série, e foi com grande alegria e inquietação que antes do verão soube que o ‘Allo ‘Allo! ia voltar em formato de peça de teatro, pelas mãos da Yellow Star Company, com encenação de Paulo Sousa Costa e João Didelet.

Tenho o privilégio de ter visto até hoje todas as peças que a Yellow Star Company tem trazido nos palcos nacionais, e fico orgulhoso por saber que todas as peças se tornam em estrondosos sucessos devido ao empenho e ao profissionalismo de toda a equipa da Yellow Star Company e ao empenho dos atores.

Com o ‘Allo ‘Allo! não irá certamente ser diferente!

Ao longo do tempo a curiosidade que fui sentindo em relação à estreia da peça foi aumentando. Quando soube que a Melânia Gomes ia participar imaginei-a logo a fazer o papel de Yvette, uma das empregadas do café do René. A Melânia Gomes é extraordinária! (Já na peça Boeing Boeing representa o papel da hospedeira italiana e é imparável.)

Para além da Melânia Gomes, podemos ver em palco o fantástico João Didelet (que encena a peça) e faz o papel do famoso René, a Elsa Galvão que faz o papel de Edith, a Oceana Basílio veste o papel Michell “of the resistence”, José Carlos Pereira e Susana Borges nos papéis de Herr Flick e Helga respetivamente … e muitos mais … O elenco é enorme, e o mérito é do Paulo Sousa e Costa que se empenha ao máximo naquilo que faz!

Só fica a faltar a saudosa Madame Fanny La Fan (a sogra do René que vivia no sótão da casa) embora o nome dela e as famosas bengaladas que ela dava no chão não tenham sido esquecidas!

Yellow Star Company

[dt_small_photos height=”210″ padding=”20″ arrows=”light” show_title=”” show_excerpt=”” number=”12″ loop=”” orderby=”recent” category=”allo-allo-3″]

É parceira dos Retratos Contados desde o início deste projeto. Tenho estado presente em todos os espetáculos desde os 39 degraus, A Noite, Don Giovanni, Boeing Boeing, ou as peças infantis Bela e o Monstro, Aladino, Alice no Pais das Maravilhas … são algumas das muitas peças já produzidas pela Yellow Star Company.

É uma equipa pequena mas com imensa vontade de trabalhar e de devolver às pessoas a vontade de ir ao teatro.

Gosto imenso da Carla Matadinho que faz um trabalho fantástico enquanto produtora e diretora de comunicação.

O Paulo Sousa Costa é daquelas pessoas que vale a pena aplaudir de pé!

A maior parte das pessoas não imagina a dificuldade de montar um espetáculo de teatro, e a Yellow Satar Company chega a ter 4 espetáculos em cena em simultâneo e em diferentes pontos do país.

Em 2014 conseguiram ter 220mil pessoas a assistir aos seus espetáculos.

Pela dinâmica que tem havido, 2015 irá certamente superar esses números.

Só com muita perseverança e dedicação se consegue!

Ainda há quem diga que os portugueses não estão habituados a ir ao teatro …

Desistir não é opção!

 

Fotos: https://www.facebook.com/Carla-Matadinho-727877807243010/?fref=ts

 

‘Allo ‘Allo! – Baseado na Hilariante série televisiva

De Jeremy Lloyd e David Croft

Encenação Paulo Sousa e Costa e João Didelet

Teatro da Trindade

De quarta a sábado às 21.30h

Domingos – 18h

Duração – 2h