Quando tudo muda, o que não pode mudar?

O que é mais precioso para as atrizes da peça “40 e Então?” O que guardam no coração? Fernanda Serrano quer ser uma filha que não abandona os pais, Maria Henrique fala do amor que é receber os filhos de novo em casa e Ana Brito e Cunha recorda a frase mais popular do avô.

“Adorava aninhar-me na cama da minha avó”

Fernanda Serrano adorava aninhar-se na cama da avó, Maria Henrique lembra com saudade os cozinhados temperados que comia quando viveu em Moçambique e Ana Brito e Cunha recorda as férias com os primos. As atrizes de “40 e então?” partilham as memórias de infância, falam do que têm mais saudades e abrem o coração ao Sapo e aos Retratos Contados.